O tratamento cirúrgico das deformidades maxilo-mandibulares, é realizado em ambiente hospitalar, sob anestesiageral, sendo a média de tempo do procedimento entre 3 e 4 horas. A cirurgia é toda realizada por dentro da boca, não deixando cicatrizes na face.
Serão realizados cortes nos ossos da mastigação (maxila / mandibula), denominadas de osteotomias. O osso é então reposicionado na posição planejada, e fixado com placas e parafusos de titânio, material este biocompatível (não causa rejeição), portanto não havendo necessidade de remoção, permanecendo ao longo da vida sem causar problemas. Devido a fixação com placas e parafusos, os pacientes saem da
cirurgia com as funções mastigatórias e fonatórias e respiratórias preservadas,
porém deve haver limitações nos primeiros dias.