Na deficiência transversal maxilar, ocorre um estreitamento do osso maxilar em relação à mandibula (fig. 1), acarretando o que denominamos de mordida cruzada, ou seja, os dentes da arcada superior se encaixam por dentro dos dentes da arcada inferior (fig. 2), o que deveria ser ao contrário, pois no encaixe correto dos dentes (oclusão dentária), os dentes da arcada superior devem cobrir os dentes inferiores como a "tampa de uma panela" (filme).

 


  Figura 1.                                     Figura 2.