A face longa caractériza-se pelo exceso vertical seja da maxila, da mandíbula ou de ambos. Se o excesso for da maxila, o sorriso gengival estará presente, o lábio superior em repouso não tocará no lábio inferior, o que acarretará em falta de selamento labial causando hipotonia dos lábios podendo levar à respiração bucal.

 

Quando o excesso vertical ósseo se dá na mandíbula, o mais comum é o queixo alongado, o lábio inferior sem o selamento com o lábio superior, e os dentes inferiores ficam expostos.